13731073_10210238375654426_1755993828301471394_o.jpg

Oi, eu sou o Tales

Sou escritor e educador e meu trabalho é acolher e auxiliar pessoas a criarem histórias melhores (de ficção e de vida). Acredito que todos podem se tornar artistas criativos com a orientação e o cuidado adequados.

Criei o Ninho de Escritores dia 1º de julho de 2014 com um objetivo egoísta: ter um espaço que me fomentasse o desejo e a habilidade de escrever. Acontece que o problema não é só meu, é também o problema de muitas outras pessoas.

Vez ou outra, acho que não sou bom o suficiente para conduzir o Ninho de Escritores. Fico pensando se o que já fiz é o bastante. Morei em Porto Alegre, Goiânia e São Paulo; cursei jornalismo, expressão gráfica e cultura visual; trabalhe em editora, gráfica, projeto educacional, educação a distância e faculdade; estudei sexualidade, educação, histórias em quadrinhos e escrita criativa; crio histórias e escrevo desde que aprendi a juntar letras. Daí eu lembro que a dúvida é parte do processo criativo. Se eu tivesse certeza do que estou fazendo, tornaria o Ninho em uma fórmula pronta, mas o Ninho de Escritores é muito mais que isso.


re.visto-74.jpg

Oi, eu sou a Mari

Me formei em publicidade. Não demorou muito pra descobrir que o que eu gostava mesmo era de contar pras pessoas sobre as lindezas do mundo. Não me importava tanto com o que elas iriam comprar. A maioria das coisas bonitas de verdade pouco tem a ver com o que o dinheiro pode comprar.

Gosto de comunicar sobre como podemos ter mais cuidado e afeto nas nossas relações. Amo criar espaços onde podemos experimentar sermos mais carinhosas, conosco e com os outros. Há 5 anos  venho experimentando fazer isso acontecer em variados formatos. Ora articulando um projeto como o Roupa Livre, que desperta um outro olhar para as roupas, na contramão do consumo desenfreado. Ora cuidando de uma comunidade de troca, acolhimento e transformação para mulheres, como a Comum

Foi do desejo de dar mais voz às mulheres que busquei o apoio do Tales para montar encontros de escrita. Recebi como resposta um presente e um baita voto de confiança: a chance de poder organizar os encontros do Ninho aqui em Floripa. Desde o ano passado tenho escolhido organizar os encontros exclusivos para mulheres para criar um ambiente de confiança. Onde nos sentimos à vontade para compartilhar angústicas, desbloquear as nossas travas e lidarmos com as questões de ser mulher nos dias de hoje, tendo a escrita como apoio para aliviar esta jornada.


Quer conversar com o Ninho? Assina a newsletter e estaremos na tua caixa de entrada todas as segundas-feiras.